domingo, 27 de abril de 2008

aconteceu no alojamento

A novidade da semana no alojamento foi a nova tentativa de conscientização da galera para não deixar a louça suja em cima da pia criando vida.
Acontece que desde que cheguei reclama-se da desorganização dos lugares coletivos da casa. Passei a concordar após poucos dias vendo sempre pela manhã ao ir passar meu café o estado de calamidade, ajudado pelos bichos e falta de acabamento e manutenção do local em si.
Comecei fazendo a minha parte e sempre que tinha disposição dava um trato a mais. Só que lutar uma guerra sozinha cansa e fazer o meu foi o máximo que consegui até agora. Desde que comecei a ser "síndica" (arrecado a grana e faço as compras de produtos de limpeza, gás, e presto contas) também achei que caberia propor um novo jeito de ver as tarefas. Ouvi as pessoas e coloquei no papel alguns pontos como um tratado de boa convivência e sugeri uma divisão mais justa e menos cansativa da limpeza. O resultado foi concluir que as pessoas não têm hábito de leitura e nem interesse em mudanças, coisas novas. Não leram o papel que colei na parede da cozinha e, por exemplo, continuaram a limpar lugares que não precisavam limpar por ser responsabilidade de outros. Claro, tratando-se de adultos o que se espera é que uma conversa que chegue num consenso seja suficiente para esclarecer a importância de pensar minimamente no próximo, mas a dura realidade é que não basta ser adulto tem-se que ser maduro e aí mais uma boa parte da esperança de uma casa melhor acaba de descer pelo ralo. Uma, duas, cinco, quinze conversas e nada. Alguns momentos de desabafo e o azar de pegar alguma moradora na TPM e nada.
Só que neste sábado de folga acordei e avistei pratos e potes espalhados pela varanda da frente. Fui fazer café e tinham mais pela sala e cozinha, lavanderia e varanda lateral, formando um círculo em torno da casa. Tratava-se da louça que no dia anterior eu havia fotografado em cima da pia, pois pretendia colher algumas imagens para mostrar no momento apropriado a quem pudesse fazer outro tipo de frente ao problema. Achei o máximo; quisera eu ter pensado em algo tão original! hahahaaaa
Agora, se vai surtir efeito...só o tempo dirá!

Um comentário:

idem disse...

eu sei bem o que é isso... exemplo, irmãos mais novos num espaço pequeno... ufffffffffff