quinta-feira, 4 de março de 2010

Subterfúgios Corporativos

Eu sei que é feio, mas a única maneira que encontro de manter um emprego e a sanidade mental é xingar e falar mal pelas costas daquele ser inescrupuloso que divide o mesmo ambiente de trabalho que você, por vezes a mesma função, mas que, por alguma razão misteriosa, se acha superior a ponto de ser folgado e mal educado. Não, eu não faço isso envolvendo orelhas alheias, pois é das coisas mais arriscadas, já que cretino, traidor ou vira-casaca não veêm escritos na testa de quem o é. Então, tenho desenvolvido este mecanismo de defesa corporativo de sentir-me satisfeita em achincalhar tacitamente este tipo de colega de trabalho, assim, em pensamento, ou mesmo pensando alto, mas não o bastante para que outros ouçam e, se ouvirem um balbucio meu, direi apenas que não é nada, estava xingando...ops, pensando alto!

2 comentários:

Sra. K. disse...

feliz aniversário atrasado...
o mundo do trabalho é o lugarzinho mais dispensável onde meus pés pousaram..guenta as pontas!
beijos e queijos!

rafael campos rocha disse...

pensar mal do outroe falar pelas costas é dos mais edificantes e saudáveis exercícios. concordo com vc.